domingo, 14 de fevereiro de 2010

Receita pra um dia perfeito de inverno

Grau de dificuldade: médio
Tempo de execução: a partir de 1 hora. Podendo se estender por dias, se quiser.
Dicas: se o dia estiver nublado, não tem problemas. Mas céu azul e sol, realçarão um sabor melhor.


Então vamos lá!
Pegue uma porção de cachorros, de preferência da raça husky siberiano ...




... adicione uma pitada de marido-com-entusiasmo,


um pouco a mais de marido-com-entusiasmo não fará mal, nesse caso eu adicionei um tiquinho a mais ... :-) (te deixa com as mão mais livres para elaborar a receita toda hihihihi)


despeje metade da "mistura" na parte de trás do carro ...


e a outra metade, na parte da frente.


Siga até a floresta mais próxima e descarregue tudo de uma só vez.
Mantenha a temperatura abaixo de 7 graus celsius, para evitar um super aquecimento.

Aí é só atravessar por rios congelados ...


... por florestas congeladas ....


Uma parada rápida para uma foto, não lhe trará problemas. Lembre-se de sorrir :-)


pra finalizar, relaxe e aprecie o pôr-do-sol !

sábado, 13 de fevereiro de 2010

2 em 1 !

Aloha !!!

Maior preguiça de escrever no blóguio, mas tudo bem.
Marcelo, vi sua mensagem aí no mural e me animei :-)

Há umas duas semanas atrás eu fiz a loucura de ter duas festas aqui em casa, em seguida. Foi meio de propósito, pois assim eu só teria que limpar e arrumar as coisas uma vez só.
Anyway, a primeira festa, ou "Juletrefest" (festa da árvore de natal) , foi com o povo do trampo. Tradicionalmente, desde de 2008, eles tem essa reuniãozinha com a galera logo após as festividades de natal. Desde que a gente se mudou e eu mencionei que haviámos comprado uma boblebad, que esse povo me enche o saco pra vir aqui. Foi meio que por livre-espontânea-PRESSÃO que acabei convidando todo mundo, mas tudo bem.
Tirei o dia off do trampo, pra limprar e arrumar tudo.
A gente combinou que cada um traria um prato, pra aliviar pra minha parte. Lá pelas 17h, a galera chegou. 12 pessoas.

A expressão, "sintam-se em casa" já vem codificada nos genes vikings !

A cambada já foi se apossando da cozinha, total. Quando eu vejo, eles já tinham aberto a geladeira e o freezer pra acomodar as coisas, pego talheres, copo, etc, etc. Eu respeirei bem fundo, tentei deletar a imagem de sacolas, potes, embalagem aberta, papel, plástico e o raio que os parta em cima da bancada, e tentei curtir a festa.

Bom, aí, a galera queria um tour pela casa. Imaginem a cena, eu e mais 10 pessoas me seguindo pela casa afora ... no comments. Tanto que umas das mulheres chegou mais tarde e quando eu vejo, uma outra já tinha levado ela por um tour pela casa, já que eu tava ocupada.

Após o jantar a gente fez um inimigo secreto. Eu perguntei antes, qual era o "nível" da brincadeira, e me falaram que era só zueira. Então tá. Desci no porão que tá cheio de lixo pra ser jogado fora (papelão, isopor, plástico, etc, etc) e lá achei uma cortina de prástico pro banheiro, biita que só vendo e, com um pedaço de isopor e plástico bolha, embrulhei um ovo cru.


Depois da brincadeira foi a hora da boblebad. Eu nem coloquei biquini, nem nada, pra supervisionar a mulherada.
Aí eu falei: "olha, só tem espaço pra 6 de cada vez, então vai uma turma, e depois outra". Mas elas me escutaram ?! Não ... Quando vejo, tinha umas 8 pessoas de biquini pulando pra dentro da boblebad, pulando pra fora, rolando na neve, pulando pra dentro de novo e por aí vai.
Foi divertido, mas confesso que fiquei com medo de alguém rachar a cabeça, escorregando no gelo.
No fim, acredito que todo mundo se divertiu :-)

No dia seguinte, foi minha vez de rolar na neve :-)
Eu e Anders demos uma de "chef" e fizemos 6 pratos diferentes para servir a 11 pessoas. Algumas das receitas eu já tinha testado antes, mas outras não. Com exceção de umas das entradas (amouse bouche de aspargo e acabou virando de cebola), o resto ficou muito bom, modéstia parte :-)


Pra deixar vocês com água na boca, aí vai ....




Entrada 2: coquetel de camarão. Clássica receita dos anos 70.
Fácil, rápido e gostoso.
Se servir nesses copos de martini, fica mais legal.

Entrada 3: o mesmo prato que fizemos no natal. Kamskjell frito com presunto parma, purê de ervilhas e espuma de maçã. Também é bem fácil de se preparar. Mas dessa vez a gente usou o kamskjell congelado.




Entrada 4: cestinha de batata com bolinho de carangueijo.
Esse deu um pouquinho mais de trabalho pois tive que assar as cestinhas de batata ralada antes. E no fim, não consegui desgrudá-las da forma de papel e tive que servir assim mesmo.








Prato principal : risoto de pêra com gorgonzola servido com cabrito "a carré" com molho de vinho e legumes "julliene".

O risoto é mega fácil de fazer. Ja a carne tem que dar uma fritada antes de assar no forno. Eu não manjo muito de carne, então foi o Anders quem fez tudo. Já o molho, a gente deu uma roubada aqui, e compramos pronto, só adicionamos as ervas aromáticas.



Sobremesa: sorvete caseiro de chá Earl Grey, servido com geléia caseira de limão e lima da pérsia e maçã frita na manteiga e açúcar.

Esse foi sem dúvida o melhor prato da noite.

É fácil de fazer, mas o sorvete e a geléia devem ser feitos um dia antes e cada pedaço demanda um tempinho. Pro sorvete, o ideal seria ter usado uma máquina de sorvete, mas a gente não tem. Na hora de servir eu esquentei o pote 1 minuto no microondas.
Por cima do sorvete eu coloquei uma calda de chocolate (resto do founde de chocoloate do jantar anterior) e uns crisps de maçã que a gente também fez. Os crisps também levam horas pra ficarem prontos no forno, até secarem bem.
E aí, como ninguém é de ferro, foi hora de relaxar um pouco !