sábado, 13 de junho de 2009

Passeio ao centro


Ai, ai ! Adoro quando a previsão do tempo, erra a previsão ! Diz que vai chovar e no fim, faz é sol !

Semana que vem vamos viajar para a Espanha, duas semanas ! Eba !!! Serão nossas férias de verão. A gente vai rodar de carro, por lá, da mesma maneira que fizemos na Escócia, mas dessa vez vamos só eu e o Anders. O outro casal de amigos que viajaram conosco deveria ir também, mas por motivo de trabalho tiveram que mudar os planos. Enfim, precisávamos de um guia e então hoje fomos ao centro comprar um.

Levamos a Phoebe com sua nova mochila ! hehehe
Aos finais de semana e feriado a gente pode levar um cachorro ou até 4 criancás de graça nos transportes públicos. Durante a semana o cachorro tem que pagar o equivalente a uma criança.

Para a Phoebe é um excelente exercício físico e mental. Primeiro, porque ela não pode andar muito rápido no meio das pessoas e por isso tem que se controlar, segundo, porque é muita informação ao mesmo tempo (pessoas, carrinhos de bebê, carros, barulhos, cheiros, etc) e isso deixa ela bem cansada, e a gente a-do-ra !

Descemos na Majorstua e andamos a Bogstadveien (tipo uma Oscar Freire de sampa) abaixo até chegar na Karl Johan, passando pela Aker Brygge e voltando pra casa.
Na Karl Johan tá sempre rolando alguma coisa, ainda mais agora no verão. Hoje tinha uma feirinha na rua vendendo roupas, livros, artigos de esporte, etc. Além de uma manifestação, a príncipio, de cadeirantes.
Acho super bacana eles se organizarem e lutar por seus direitos e tudo mais, mas ... eles são felizes sem saber ... ser cadeirante nas Noruega é um paraíso, comparando-se, por exemplo, com o Brasil. Bom, só sei que de repente começou uma passeada com pessoas de vários países. Não sei se iam se juntar aos cadeirantes, ou o que, mas a Phoebe quase teve um ataque do coração quando a fanfarra começou a tocar na nossa frente. Tadica.

Fora isso, também tinha uns tiozinhos tentando ganhar um extra. Esses imitando estátuas, um vestido de viking, um vestido de capitão Gancho, um tocando violino, outro tocando uma banda inteira, outro, na Aker Brygge, posando peladasso num banquinho, eu tava com a máquina na mão pra filmar a Phoebe brincando na fonte, e quase tirei uma fota da bunda do nego. Ele tava posando pra alguma coisa, porque tinha uma mini equipe com ele. Mas assim peladão, só com um tapa qualquer coisa, na frente da coisinha dele. Ah, também vi dois homens-vaca correndo feito loucos no meio do povo (achei que tivessem alguma coisa a ver com uma das tendas da Karl Johan sobre leite e derivados, onde a gente pegou uma bixiga com desenho de vaca e amarramos na mochila da Phoebe) e mais dois super-homens andando de bike. Tipo, assim, normal sabe.
Muita informação, muitas pessoas, muito barulho. Cheguei em casa e capotei no sofá, junto com a Phoebe :-)

video

Phoebe brincando numa das fontes. Ela adora. Mergulha a cabeça na aguá, morde a água que esguicha da fonte e se deixar arrasta o Anders pra dentro também :-O. Essa fonte fica na Aker Brygge. O vídeo não tá lá aquelas coisas, mas ao fundo dá pra ver um trikk azulzinho passando e do outro lado um pedaço do porto.

Guerra contra os pelos !


Tive que consultar um site pra checar se pelo, ainda tinha acento. Bom, descobri que agora não tem mais.

A Phoebe está a trocar de pelos desde de março. A gente tem que passar aspirador de pó na casa, todo santo dia se não quisermos que o sofá, por exemplo, vire um sofá de pelos de lobo. Sim, todo mundo acha que a Phoebóca é um lobinho e eu insisto em dizer que não, que ela é uma rapozinha hehehhe.

O nosso antigo aspirador, não estava dando mais conta do recado. A gente tinha que trocar o saco coletor a cada dois dias, pra vocês terem uma noção. Felizmente Anders achou um modelo super-ultra-power pra quem tem animais em casa. E voi lá ! A gente contina aspirando todos os dias, mas gastamos menos tempo agora :-) O treco aspira, além dos pelos, papel higiênico picotado, jornal rasgado, restos mortais de óculos escuros, páginas de livros (especialmente as últimas páginas do livro que vc está lendo no momento), pedaços de pau mastigados e estraçalhados, pedaços de chinelo, etc, etc).

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Norsk språk

Saravá meu povo !

Ontem fiz meu primeiro exame oficial de noruga. A prova é dividida em duas partes, a escrita e a falada. A escrita durou cerca de 4 horas e a falada durará 20 minutos e eu a farei amanhã.

A dúvida que não quer calar é ... amanhã eu também vou à festa de verão do meu trabalho e então não sei se tomo umas antes da prova, pra falar mais fluente, ou espero pra meter o pé na cana después ... (a não ser que eu sente meio longe da professora, talvez, hmmm).

O que eu percebi aqui é que o desenvolvimento durante o curso depende muito do próprio aluno. Da minha classe de 20 negos, somentes 2 (eu e mais uma menina) tiveram direito a fazer a prova por indicação da professora. Por motivos de embelezamento estatíscos e custos eles não deixam os menos despreparados fazerem a prova. Mas perá lá, isso não significa que eu sou pro no negócio, minha gente. Tô longe de ser. Eu só sou menos pior de ruim. Eu tenho certa, ou mais, dificuldade em escrever, cometo erros bestas, coisa de falta de atenção e falta de treino também.
Mas no falar, eu evolui bastante. Lembro que pastei nos primeiros meses no meu segundo emprego, onde ficava com cara de idiota durante os almoços e reuniões, sem dizer um ai. Era muito triste. Mas agora eu já tenho até a responsa de receber alunos e visitantes e explicar a eles as coisas que fazemos no labs, em norueguês. Eu fiquei lisongeada quando minha chefe me pediu isso pela primeira, segunda, terceira vez. Significa que ela confia em mim tanto pra falar sobre o que a gente faz no lab e também, apesar dos erros, me faço entender na lingua norueguesa.

Também estou lendo livros e vendo filmes em noruga :-) O primeiro livro que li não era literatura norueguesa, mas sim a tradução do "Slumdog Millionaire", que iscrusive, fiquei maior revolts depois que vi o filme, que não tem "nada a ver com o livro", várias coisas do enredo e personagens foram totalmente alteradas. Que ódio!
Anyway, quanto ao filme, vai aqui a dica (especialmente pro Guille rs) "Buddy". Filme super bacana, ótima fotografia e trilha sonora. Espero que seja possível achar aí no Brasil. Eu achei uma versão tosca com legenda em indonês no youtube, acho que não ajuda muito hehehe e a imagem é uma bosta também. O filme se passa em Oslo e o Anders ficava "ah, eu conheço essa rua, eu conheço essa loja, eu conheço esse poste" , arrrrrrrgh, até eu conheço', mas é o mesmo feeling de quando a gente assiste ao um filme feito em sampa. Por falar em música aí vai alguns links de alguns cantores noruegueses , que eu acho que são legais, alguns cantam em inglês. Eu ouço rádio o dia todo no lab, por isso ....
Maria Mena (fui ao show, muito bom)
Ane Brun (também fui ao show, é mais lentinha, mas é boa tb)
CC Cowboys (A-do-ro, conheço várias, mas só sei cantar no lá lá lá, as letras são boas)
Dum Dum boys (tenho até o cd dos caras)
Postgirobygget (punk)

Fotinha tirada no findi (27C na sombra, afe). Phoebe se divertiu nandando no lago ! Apesar do calor, me faltou coragem pra encarar a água gelada.